Uma Técnica de Dupla Camada Usando uma Matriz Dérmica Acelular para o Tratamento de Defeitos de Recessão Gengival Classe I e II de Miller: Resultados de 1 Ano de 50 Casos Consecutivos


O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho de uma técnica de dupla
camada usando uma matriz dérmica acelular (MDA) em conjunto com um
retalho avançado coronalmente (RAC) no tratamento de defeitos de recessão
gengival classe I e II de Miller. Um total de 50 pacientes com defeitos de
recessão gengival classe I e II foi tratado. Na 52a semana, o defeito médio
de recessão diminuiu de 3,8 ± 0,9 mm para 0,2 ± 0,5 mm. Isso representa
94,7% de cobertura de raiz. A cobertura completa da raiz foi alcançada em
80,0% dos casos. Melhorias estatísticas também foram encontradas com
profundidades de sondagem e níveis clínicos de inserção. Estes resultados
suportam o uso de uma técnica de dupla camada usando MDA em conjunto
com um RAC no tratamento de defeitos de recessão Classe I e II.