Restauração Estética com Gengiva Artificial em um Rebordo Alveolar Atrófico: Relato de Caso


O tratamento da maxila anterior é um desafio em situações clínicas comprometidas tais como perda de dentes ou tecidos moles, defeitos do rebordo alveolar, ou perda dos três. Este relato mostra a sequência sistemática do tratamento cirúrgico e protético em um caso de atrofia alveolar Classe III de Seibert, onde a paciente recusou uma prótese removível. O caso foi solucionado com uma prótese híbrida de metal e porcelana com pilares Multi-unit de 17 graus, levando a resultados estéticos e funcionais totalmente satisfatórios. Int J Periodontics Restorative Dent 2016;36:567–571. doi:10.11607/prd.2323.