Recobrimento de Recessões Gengivais Inferiores Múltiplas Utilizando a Técnica de Tunelização com Enxerto de Tecido Conjuntivo: Uma Série de Casos Clínicos Prospectivos


O objetivo desta série de relatos de casos clínicos foi avaliar o desempenho clínico de uma técnica de tunelização modificada para o tratamento de recessões gengivais múltiplas na região anterior da mandíbula. Um total de 20 pacientes com 63 Classes I e II de Miller foram tratados através de uma técnica de tunelização modificada com um enxerto de tecido conjuntivo subepitelial. No início e 6 meses de pós-operatório foi anotada a profundidade de recessão, a profundidade da bolsa, a espessura de tecido queratinizado e a espessura de tecido gengival. Aos 6 meses, os resultados revelaram uma recessão média de 93,87%. O recobrimento completo da recessão foi obtido em 74,60%. A redução média da profundidade da recessão foi de 2,79 ± 0,12 mm. A técnica de tunelização modificada mostrou um recobrimento radicular médio bem-sucedido na delicada região anterior da mandíbula e foi capaz de aumentar a quantidade de tecido queratinizado.