Reabilitação de mandíbula posterior atrófica com implantes curtos (4 mm): um relato de caso


Este relato de caso descreve uma reabilitação protética sobre implante bem-sucedida de mandíbula posterior atrófica com implantes de 4 mm de comprimento. O paciente recusou ser submetido a qualquer cirurgia reconstrutiva e, como o osso disponível até o nervo alveolar inferior tinha somente 5 mm ou menos, o paciente recebeu quatro implantes de 4 mm de comprimento. Quatro meses depois da instalação dos implantes, uma prótese provisória foi instalada; após quatro meses, ela foi então substituída pela prótese definitiva. O uso desse tipo de implantes curtos permite uma solução protética fixa sem a necessidade de aumentar verticalmente o osso mandibular. Esse processo reduz consideravelmente o desconforto do paciente intra e pós-operatório comparado com a cirurgia reconstrutiva para a instalação de implantes mais longos. O tempo de acompanhamento foi de 1 ano após a carga dos implantes.