Procedimento de Aumento de Seio Minimamente Invasivo Usando um Dispositivo Específico para Implantes no Levantamento Hidráulico do Seio: Um Estudo de Série de Casos Prospectivo Sobre Resultados Clínicos, Radiológicos e Centrados no Paciente


O objetivo deste estudo foi avaliar resultados clínicos e radiológicos de um novo dispositivo que permita o levantamento hidráulico simultâneo da membrana sinusal, o enxerto ósseo e a colocação do implante. Uma amostra de 18 participantes consecutivos com atrofia grave da maxila posterior sofreu levantamento transcrestal da membrana sinusal e colocação do implante. No acompanhamento de 6 meses, foram avaliados os seguintes parâmetros: sucesso do implante, complicações, perda óssea marginal (POM), medidas de enxerto tridimensional (3D), quociente de estabilidade do implante (QEI) e densidade do enxerto. Nenhum implante falhou durante o acompanhamento (10,8 ± 2,8 meses, intervalo: 7-14 meses). Não foram observados rasgamento da membrana nem outros eventos adversos. A altura residual média alveolar residual foi de 4,78 ± 0,88 mm. Seis meses após o procedimento, a POM média foi de 0,18 mm. O levantamento médio da membrana sinusal foi de 12,78 ± 2,18 mm (intervalo: 10,7-14,23). Ao longo dos planos básicos de referência 3D, as dimensões do osso enxertado em torno de implantes foram as seguintes: área axial = 239,7 ± 57,68 mm2; área sagital = 257,0 ± 60,83 mm2; área coronal = 143,3 ± 29,46 mm2. O volume médio do enxerto foi de 2,38 ± 0,26 mL no início e 2,05 ± 0,24 mL 6 meses após a maturação do enxerto (diferença: 0,33 ± 0,29 mL, P = 0,0090). Densidade do enxerto (em unidades Hounsfield [HU]), melhorou durante a cicatrização de 322,0 ± 100,42 HU para 1,062,0 ± 293,7 HU; diferença 740,0 ± 295,35 HU (P = 0,0001). O valor médio de QEI foi de 65,5 na colocação do implante e aumentou para 74,1 no exame de 6 meses (P = 0,0014). Dos 18 pacientes, 12 não sofreram dor (66,6%) e 10 não apresentaram inchaço (55,5%). Não houve dor ou edema severos em nenhum dos casos. O número médio de comprimidos analgésicos consumidos foi de 0,78 ± 0,67. O tempo médio de cirurgia foi de 24,0 ± 4,07 minutos. O sistema iRaise de levantamento do seio pode fornecer uma nova opção para a cirurgia minimamente invasiva transcrestal de seio com menor desconforto ao paciente. Uma contração fisiológica de 13,9% do volume original foi experimentada durante a cicatrização. Estudos clínicos de longo prazo são necessários para confirmar esses resultados preliminares. (Int J Periodontics Restorative Dent – edição em português