Morfologia Óssea Alveolar após Ortodontia Osteogênica Acelerada Periodontalmente: uma Análise Clínica e Radiográfica


O objetivo deste estudo foi analisar a morfologia do osso alveolar após a ortodontia osteogênica acelerada periodontalmente. Os pacientes tratados foram chamados para um exame periodontal completo e para a realização de tomografia computadorizada de feixe cônico. O tempo médio de tratamento foi de 6,08 meses. profundidade clínica de sondagem média foi 2,7 mm. Recessões gengivais não foram observadas. Na maxila, a espessura da tábua óssea vestibular foi de 0,48 a 2,14 mm. Na mandíbula, a espessura óssea foi de 0,2 a 1,82 mm. Fenestrações radiculares e deiscências estavam presentes em 40% dos dentes anteriores. Embora os resultados clínicos sejam favoráveis, uma revisão do protocolo de tratamento deve ser considerada devido à presença de fenestrações e deiscências ósseas múltiplas pós-tratamento.