Laser de Er:YAG para Aumento Cirúrgico de Coroa: Um Estudo Clínico de 6 Meses


Este estudo avaliou o uso de um laser de estado sólido para evitar a técnica de retalho e a sutura. Um laser de Er: YAG foi utilizado em 26 pacientes consecutivos encaminhados para o aumento ósseo de coroa em 32 dentes posteriores. A distância da margem da restauração planejada até a crista alveolar (B) satisfez um complexo dentogengival de 3 mm. Nenhuma necrose tecidual e nenhuma alteração significativa na distância da margem gengival até B ou na profundidade de sondagem foram detectadas aos 3 e 6 meses. A cirurgia minimamente invasiva com laser de Er: YAG diminui o tempo necessário para estabelecer a margem gengival necessária para a restauração definitiva.