Manejo de Recessões Gengivais Múltiplas com a Técnica VISTA: Uma Série de Casos Clínicos aos 18 Meses


O objetivo do presente estudo foi avaliar a eficácia do acesso em túnel
subperiosteal com incisão vestibular ( VISTA) com membrana de colágeno, vidro
bioativo e fibrina rica em plaquetas. Um total de 22 indivíduos sistemicamente
e periodontalmente saudáveis com múltiplos defeitos de recessão gengival
(Classe I e II de Miller) na zona estética da maxila foi incluído no estudo. Os
desfechos primários foram recobrimento radicular médio e alteração na espessura
gengival. Não houve complicações cirúrgicas; no entanto, um paciente relatou
edema da área do lábio superior no primeiro dia pós-operatório, que se resolveu
espontaneamente. Um aumento estatisticamente significativo na espessura
gengival (0,45 mm) e 94,17% ± 8,42% do recobrimento radicular médio foram
observados aos 18 meses. Dentro das limitações deste estudo, concluiu-se que a
técnica (VISTA) aumentada com membrana de colágeno, vidro bioativo e fibrina
rica em plaquetas é uma modalidade previsível no manejo de recessões múltiplas.