Enxerto de Tecido Conjuntivo Subepitelial Associado à Técnica do Túnel para o Tratamento de Recessões Gengivais Classe II e III de Miller em Incisivos Inferiores: Resultados Clínicos e Estéticos


Há evidências limitadas a respeito do resultado do enxerto de tecido conjuntivo subepitelial (ETCS) no recobrimento radicular na região anteroposterior. Uma amostra de 15 recessões Classe II e III de Miller foi tratada em 15 pacientes com a utilização de ETCS com a técnica do túnel. Após um acompanhamento médio de 20,53 meses, a porcentagem média de recobrimento radicular foi de 83,25% para todas as recessões tratadas. Além disso, um aumento significativo do tecido queratinizado foi observado no final do período de avaliação (2,66 mm; P= ,001). A associação da técnica do túnel com o ETCS deve ser considerada uma opção de tratamento para a obtenção de recobrimento radicular em incisivos inferiores com defeitos de recessão Classe II e III.