Dupla Função de um Aloenxerto Dérmico na Terapia com Implantes Imediatos


A colocação de implantes imediatos muitas vezes requer, simultaneamente, um aumento de tecido. Ambos os enxertos, de tecido mole e duro, podem melhorar os resultados estéticos e fisiológicos a longo prazo. Os enxertos de substitutos ósseos frequentemente são associados a membranas ou barreiras (Regeneração Óssea Guiada [ROG]). Quando estes materiais são reabsorvíveis, eles frequentemente são compostos por colágeno ou polímeros sintéticos. Estas técnicas não abordam a necessidade do aumento de tecido mole e a coleta de tecido mole autógeno é necessária. O uso de aloenxertos dérmicos compostos de colágeno natural sem ligações cruzadas elimina a necessidade de um segundo local cirúrgico para a coleta de tecido mole autógeno. Este artigo demonstra a dupla funcionalidade de um aloenxerto dérmico servindo como uma membrana para ROG e um biomaterial de tecido mole biologicamente incorporado na terapia de implantes imediatos.