Análise Retrospectiva do Resultado da Preservação de Rebordo com Osso Mineral Bovino Anorgânico: Avaliação Tomográfica Microcomputadorizada de Cicatrização de Feridas em Alvéolos de Extração Enxertados


Um total de 68 alvéolos de extração foi enxertado com osso mineral bovino anorgânico e coberto por membrana de politetrafluoretileno denso. A análise quantitativa da tomografia computadorizada tridimensional de amostras de núcleo recuperadas após uma média de 21,0 ± 14,2 semanas revelou fração de volume ósseo 40,1% (volume ósseo [VO]/volume total [VT]) e 12% de enxerto residual. A evidência de neoformação óssea foi observada sob a forma de ilhas discretas de osso recém-formado na aposição direta a partículas de enxerto, separadas do osso nativo. Os alvéolos anteriores exibiram uma percentagem significativamente maior de enxerto residual em comparação com alvéolos pré-molares (P = 0,05). A relação VO/VT e a porcentagem de enxerto residual correlacionaram-se bem com a análise histomorfométrica dos mesmos sítios, mas não com os resultados do implante.Int J Periodontics Restorative Dent 2018;38:103–111. doi: 10.11607/prd.3309