Sobredentaduras Inferiores sobre Implante com Carga Imediata: Um Ensaio Randomizado de 1 Ano Comparando Resultados Baseados no Paciente entre Mini-implantes Dentários e Implantes de Tamanho Padrão

Objetivo: O objetivo deste estudo randomizado de um ano foi determinar a estabilidade e a magnitude do efeito da
conversão de pacientes com próteses totais convencionais para sobredentaduras sobre implante (SSI) quanto à sua
satisfação e qualidade de vida relacionada à saúde bucal (QSRSB). As SSI foram retidas com dois implantes de diâmetro
padrão interconectados imediatamente carregados ou com quatro mini-implantes dentários carregados imediatamente
(MID). Materiais e Métodos: Cinquenta indivíduos completamente edêntulos que se queixam de retenção insuficiente
de suas próteses inferiores foram aleatoriamente designados para dois grupos; 25 pacientes receberam SSI retidas
com quatro MID e 25 pacientes receberam SSI retidas com dois implantes tissue level interconectados de tamanho
padrão (STL). Todas as SSI tinham próteses superiores convencionais antagonistas. Os pacientes classificaram sua
satisfação em uma escala visual analógica de 100 mm (EVA) e sua qualidade de vida em uma versão curta específica
para próteses dentárias do perfil de impacto na saúde bucal (OHIP-20) antes da nomeação e após 3 e 12 meses.
Uma análise de variância mista (ANOVA) foi realizada para avaliar a mudança no tempo e sua interação com o modo
de tratamento nas classificações gerais de satisfação dos pacientes, o OHIP-20 total e seus escores de domínios
específicos. Resultados: A carga imediata foi possível para todos os pacientes que receberam os MID. Por outro lado, o
protocolo de carga imediata poderia ser seguido por apenas 15 dos pacientes alocados no grupo de implantes STL. Para
os demais pacientes, foi aplicado um protocolo de carga tardia. Houve uma melhora significativa na satisfação geral
dos pacientes entre o início e os 3 meses e entre o início e os 12 meses pós-operatórios (F2,44 = 81,006, P < 0,001).
Este aumento não diferiu entre os grupos de tratamento (F4,90 = 1,838, P = 0,128). Os resultados também mostraram
uma diminuição na pontuação média global do OHIP (F2,43 = 46,863, P < 0,001) entre o início e 3 meses e entre o início
e 12 meses de pós-operatório, indicando um nível mais alto de QSRSB. Além disso, os pacientes pontuaram menos
3 e 12 meses após o tratamento do que no início do estudo para todos os sete domínios. Esta diminuição não diferiu
entre os grupos de tratamento (F4,88 = 0,608, P = 0,658). Conclusão: Os resultados sugeriram que, em termos de
desfechos baseados em pacientes, as sobredentaduras inferiores retidas por MID com carga imediata podem oferecer
uma melhora de igual magnitude com a obtida por sobredentaduras retidas por implantes de tamanho padrão.