Relato de Dor Neuropática Após a Colocação de Implantes Dentários: Uma Série de Casos


Objetivo: Relatar um estudo coorte de pacientes encaminhados para um centro terciário devido à dor neuropática após colocação de implante dentário. Materiais e Métodos: Este estudo retrospectivo de dor após a colocação de implante dentário envolveu um acompanhamento mínimo de 12 meses após o diagnóstico inicial de dor neuropática ou dor pós-operatória persistente e descontrolada no Departamento de Cirurgia Oral e Maxilofacial, na Leuven University, em Leuven, na Bélgica, de janeiro de 2013 até junho de 2014. Resultados: Após o exame clínico e radiológico, a causa da dor foi estabelecida em 17 dos 26 pacientes, enquanto a causa era desconhecida em 9 dos 26 pacientes. Implantes regulares foram colocados em mandíbulas de 18 pacientes; nos 8 pacientes restantes, 6 receberam implantes regulares e 2 receberam implantes zigomáticos na maxila. O manejo cirúrgico isolado trouxe alívio para 2 pacientes, o manejo cirúrgico e farmacológico fez o mesmo em 12 pacientes, e o manejo farmacológico isolado trouxe alívio para 10 pacientes. Conclusões: A remoção precoce de um implante em risco parece justificada, de preferência dentro de 48 horas após a colocação. Nenhum tratamento, cirúrgico ou médico parece curar a dor neuropática, mas a amitriptilina parece estar associada a uma melhora consistente dos sintomas.