Próteses suportadas por quatro implantes zigomáticos com carga imediata: um estudo prospectivo de três anos


Proposta: Avaliar o resultado clínico durante 3 anos de próteses suportadas por implantes zigomáticos com carga imediata.

Materiais e métodos: Um total de 17 pacientes tratados consecutivamente (7 homens, 10 mulheres, média de idade 57,7 anos) com atrofia maxilar severa foi reabilitado imediatamente com próteses suportadas por quatro implantes zigomáticos com carga imediata. Os pacientes foram acompanhados por 3 anos e os resultados mensurados incluindo taxa de sucesso das próteses, taxa de sucesso dos implantes zigomáticos, complicações e qualidade de vida relacionada com a saúde oral (OHRQoL).

Resultados: Nenhum paciente desistiu de participar do estudo. Nenhuma prótese ou implante zigomático falharam, embora um implante não tenha sido usado para suportar a prótese definitiva porque emergia em uma posição desfavorável. Sete complicações ocorreram: penetração da cavidade orbital durante o procedimento de perfuração sem consequências relevantes; uma infecção seguida de fístula em um dos implantes zigomáticos, a qual foi tratada com antibiótico e drenagem cirúrgica; dois pacientes desenvolveram sinusite e foram tratados com antibióticos e meatotomia com sucesso; fratura do parafuso do abutment ocorreu em um paciente; fratura da prótese ocorreu em dois pacientes e as próteses definitivas foram reparadas. A pontuação média para o questionário OHIP-14 foi 2.7, o que é similar ao da população em geral.

Conclusão: O presente estudo de 3 anos sugere que próteses suportadas por quatro implantes zigomáticos com carga imediata podem ser usadas com sucesso para reabilitação de pacientes com atrofia maxilar severa.

Declaração de conflito de interesse: Dr Ruben Davo trabalha como consultor da Nobel Biocare.