Os Efeitos do Laser com Diferentes Parâmetros e Cruzamentos na Adesão dos Fibroblastos e Proliferação em Superfícies de Implantes

Objetivo: Comparar a adesão e o efeito de proliferação de células HGF-1 em discos de titânio puro quando as
superfícies estão sem processamento (superfícies usinadas após corte) ou modificadas com um laser. Materiais
e Métodos: Vinte e oito discos de titânio foram divididos em quatro grupos. Três topografias de superfície
foram criadas usando um laser de fibra de érbio: grupo 1 (aplicação unidirecional {sem cruzamento}), grupo 2
(cruzamento em duas direções), e grupo 3 (cruzamento em três direções). As amostras no grupo 4 não foram
processadas e serviram como controles. A rugosidade superficial das amostras foi avaliada com microscopia
eletrônica de varredura (MEV) e mensurada com um perfilômetro de superfície mecânico. A linhagem de célula
HGF-1 foi usada para analisar a adesão de fibroblastos na superfície das amostras. Os autores usaram os testes
MEV, XTT e laranja de acridina para determinar a adesão de HGF-1 na superfície dos espécimes e a morfologia
celular após incubação durante 72 horas. Os resultados de XTT e os valores de rugosidade superficial para
todos os espécimes foram analisados usando o teste de Kruskal-Wallis. Resultados: Os valores de Ra do grupo
1 para o grupo 4 (controle) foram 1,13, 0,26, 0,38, e 0,19, respectivamente. O cruzamento diminuiu os valores
de rugosidade superficial comparado com aplicação unidirecional (P = 0,003). A morfologia celular observada
na MEV mostrou que a direção de alongamento das células resultou em todas as direções relacionadas com
extensões de filopodia adicional dentro dos grupos com cruzamento. Portanto, a maior viabilidade celular
também foi observada no grupo cruzamento em três direções (grupo 3) (P = 0,000) no teste XTT. De acordo com
o teste com laranja de acridina, maior número de células foi observado no grupo 3, similar aos achados de XTT
(P = 0,86). Conclusão: O cruzamento aumentou significativamente a superfície de implante coberta por células
comparado com o grupo unidirecional. Diminuir os valores Ra de superfície por cruzamento ajudou a espalhar
fibroblastos sobre os implantes em qualquer direção, aumentando a proliferação e a adesão celular.