O Efeito da Técnica de Aplicação de Torque no Apertamento de Parafusos de Próteses Implantossuportadas


Objetivo: Avaliar o efeito de diferentes técnicas de aplicação de torque (torque, reaperto único e reaperto duplo) durante a de remoção de próteses dentárias totais fixas implantossuportadas. Materiais e Métodos: Quatro implantes Nobel Biocare (4,3 × 13 + 3; altura de rosca de 13 mm + altura do colar de 3 mm) foram estabilizados temporariamente dentro de quatro furos feitos em um modelo acrílico de mandíbula. Uma estrutura de metal foi construída, fundida e terminada usando uma técnica padronizada. Uma estrutura passivamente ajustada foi obtida removendo os implantes do modelo acrílico e aparafusando-os à estrutura metálica. Então, o conjunto inteiro foi novamente estabilizado no modelo acrílico. A experiência de torque consistiu em três protocolos: (1) torque de parafusos até 35 Ncm de uma única vez; (2) torque dos parafusos a 35 Ncm e depois reaperto dos mesmos no mesmo valor e (3) torque dos mesmos parafusos a 35 Ncm três vezes consecutivos. O torque de remoção foi registrado para cada implante usando um medidor de torque digital. Resultados: O valor de torque mais alto foi registrado para a técnica de aplicação de reaperto único (29,5 ± 1,5 Ncm); em seguida, foi a técnica de torque único (27,9 ± 0,7 Ncm) e, a última foi a técnica de reaperto duplo (27,2 ± 1,6 Ncm). O teste post hoc de Games-Howell mostrou que a técnica de aplicação de reaperto único resultou em valores de torque significativamente maiores do que as técnicas de aplicação de torque e reaperto duplo (P ≤ 0,05). Conclusão: O reaperto dos parafusos do pilar uma vez após o torque inicial poderia aumentar o torque de remoção do parafuso. Deve-se ter cuidado ao repetir o torque dos parafusos mais de uma vez, pois isso pode afetar inversamente o torque de remoção.