Implante Imediato e Preservação de Alvéolo com Bio-Oss Collagen® em Área Estética


Resumo: A extração de um dente desencadeia uma cascata de eventos que afetam dramaticamente os tecidos periodontais. A mais importante consequência é, possivelmente, a reabsorção inevitável de uma extensão considerável da cortical óssea vestibular correspondente à altura do osso fascicular. Quando uma exodontia é realizada na região anterior da maxila (zona estética), as repercussões funcionais e estéticas trazem sérios prejuízos ao resultado final de um tratamento reabilitador com implantes dentais. Os procedimentos de preservação e reconstrução alveolar simultaneamente à exodontia aumentam a previsibilidade e a estabilidade clínica de longa duração e devem, sempre que indicados, serem associados à instalação de implantes imediatos ou tardios. A osseointegração descoberta por P. I. Branemark há algumas décadas já se consolidou como segura e previsível. A instalação imediata de implantes e a instalação de coroas provisórias também imediatas já se tornaram procedimentos rotineiros e previsíveis quando respeitadas as suas indicações. O refinamento da técnica nos dias atuais gera resultados de excelência. Entretanto, a instalação de implantes na zona estética permanece desafiadora. O protocolo exposto a seguir sugere implantes imediatos e a adição de um biomaterial (Bio-Oss Collagen®, Geistlich Pharma AG) para compensar os efeitos da remodelação óssea e assegurar a estabilidade dos tecidos ósseo e gengival. A provisionalização imediata, além de inúmeros benefícios, ajuda a preservar a arquitetura tecidual e matura adequadamente os tecidos peri-implantares para a restauração definitiva.