Estudo Piloto de Sobredentaduras Inferiores Retidas por Mini-Implantes Dentários: Alterações do Nível Ósseo Marginal e Satisfação dos Pacientes Baseado no Comportamento Clínico das Restaurações


Objetivo: O objetivo deste estudo foi investigar o efeito de mini-implantes dentários de carga imediata (MCI), utilizados para apoiar sobredentaduras inferiores no nível ósseo peri-implantar, bem como os níveis relacionados de satisfação e qualidade de vida dos pacientes. Materiais e Métodos: Quatro MCI foram colocados na região interforaminal de 10 pacientes completamente desdentados; os implantes foram colocados em carga imediata (mesmo dia) com uma sobredentadura. A avaliação radiográfica de perda óssea foi realizada durante um período de 18 meses medindo as alterações no nível do osso mesial e distal de cada implante em radiografias panorâmicas. Ao final deste período, o nível de satisfação dos pacientes foi avaliado na escala analógica visual (EVA) e sua saúde oral relacionada à qualidade de vida por meio de questionários. Resultados: A perda óssea média nas faces mesiais e distais foi de 1,04 mm e anotada durante o período de 18 meses após a carga dos implantes. O escore do nível de satisfação geral foi 95,67 ± 5,68. Da mesma forma, escores elevados da EVA foram revelados pelos pacientes em todos os outros itens específicos sobre a satisfação do paciente. A pontuação total para o questionário de qualidade de vida relacionada à saúde oral (OHIP-20) foi de 34,07 ± 13,90, a qual foi semelhante em outros estudos. Conclusão: As alterações radiográficas de curto prazo de nível ósseo peri-implantar de MCI com carga imediata de sobredentaduras em mandíbula edêntula estavam dentro dos limites fisiológicos. Os pacientes expressaram um alto nível de satisfação e qualidade de saúde oral e de vida com este tratamento.