Desempenho Clínico de Coroas sobre Implante de Peça Única, Aparafusadas com Base em Pilares de Zircônia CAD/CAM Estratificadas à Mão Após um Período Médio de Acompanhamento de 2,3 Anos


Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho clínico de coroas sobre implante monolíticas
aparafusadas com base em pilares de dióxido de zircônio desenhado e fabricado com auxílio de computador
(CAD/CAM) com uma conexão CrossFit, pelo menos 1 ano após a inserção da coroa. Materiais e
Métodos: Pacientes consecutivos que receberam pelo menos um implante Straumann bone level e coroas
sobre implante monolíticas, aparafusadas, fabricadas com pilares de dióxido de zircônio CARES foram
reexaminados. Satisfação do paciente, parâmetros oclusais e peri-implantares, complicações mecânicas e
biológicas, parâmetros radiológicos e estética foram registrados. Resultados: Um total de 50 coroas sobre
implantes na região anterior e pré-molar foi examinado em 41 pacientes. O período de acompanhamento
das reconstruções definitivas variou de 1,1 a 3,8 anos. Não houve complicações técnicas e biológicas.
No reexame, 100% dos implantes e reconstruções estavam in situ. A avaliação radiográfica revelou uma
distância média entre a plataforma do implante e o primeiro contato osso-implante visível de 0,06 mm no
exame de acompanhamento. Conclusão: Coroas aparafusadas com base em pilares de dióxido de zircônio
CAD/CAM facetadas com conexão CrossFit parecem ser uma maneira promissora de substituir dentes
perdidos na região anterior e pré-molar. Não foram observadas a curto prazo falhas de componentes nem
complicações, e os dados clínicos e radiográficos revelaram condições estáveis dos tecidos duros e moles.