Carga Imediata de Implantes na Maxila Edêntula com Uma Prótese Provisória Fixa sem Aumento de Osso: Um Relato de Dados de Desfecho de 5 Anos Obtidos de Um Ensaio Clínico Prospectivo


Objetivo: Tem sido relatada a carga imediata bem-sucedida de implantes na maxila edêntula. O objetivo deste estudo prospectivo de 5 anos foi avaliar os resultados a longo prazo após a carga imediata de implantes na maxila edêntula com restaurações provisórias sem o uso de procedimentos de aumento ósseo. Materiais e Métodos: Os indivíduos com arcos superiores edêntulos receberam cada um seis implantes colocados em osso natural sem aumento. Em regiões com volume ósseo posterior insuficiente foi utilizado um implante angular. As restaurações provisórias fixas foram entregues 24 horas depois da colocação do implante. Foram registrados os sítios de colocação do implante, os valores de torque de inserção e as dimensões do implante As próteses fixas definitivas foram colocadas 24 semanas após a implantação. Os níveis ósseos marginais iniciais do local de implante foram medidos usando radiografias periapicais. Foram obtidos os valores iniciais de placa peri-implantar e escores de sangramento. Os indivíduos foram examinados 6 meses após a colocação do implante e depois anualmente durante 5 anos com radiografias periapicais de acompanhamento e escores de placa/sangramento. Resultados: Cinquenta e um indivíduos receberam um total de 306 implantes. Quarenta indivíduos com 232 implantes retornaram para a consulta final de acompanhamento, representando uma proporção de sobrevivência do implante de 5 anos de 93% com uma perda óssea marginal média de 0,44 ± 1,25 mm para este grupo. Trinta e nove destes 40 indivíduos continuaram a ter função com restaurações fixas com o indivíduo restante utilizando uma prótese removível não retida com implante. Conclusão: Dentro das limitações deste estudo, foram demonstrados desfechos de reabilitação de implantes a longo prazo previsíveis para a maxila edêntula usando um protocolo de carga imediata sem aumento ósseo.