Abordagem Inovadora para Cirurgia Guiada por Computador e Provisionalização Fixa Assistida por Implantes Transitórios Parafusados


Objetivo: O objetivo dessa série de casos é descrever uma abordagem clínica para tratar pacientes totalmente edêntulos e determinar sua viabilidade. O planejamento de implante guiado por computador foi utilizado para criar um guia cirúrgico (GC) parafusado apoiado por implantes transitórios e uma prótese provisória parafusada fixa suportada por implantes transitórios no momento da colocação do implante definitivo. Materiais e Métodos: Cinco pacientes com pelo menos um arco edêntulo foram tratados. Após realizar a montagem dos dentes em cera, uma réplica em resina acrílica radiopaca foi fabricada para servir como um guia cirúrgico (GC) para a colocação de implantes transitórios rosqueáveis e um guia radiográfico (GR). Quatro implantes transitórios foram estrategicamente colocados através do guia onde eles não iriam interferir com os futuros implantes definitivos. Os implantes transitórios foram usados para apoiar o GR durante escaneamento tomográfico computadorizado. Subsequentemente, o GR foi convertido em um segundo GC com base no planejamento tridimensional virtual. Oito implantes foram colocados pelo sistema guiado por computador, e um provisório fixo pré-fabricado imediato foi adaptado aos implantes de transição. Resultados: Todos os implantes incluídos no estudo alcançaram a estabilidade primária e osseointegração com sucesso. Por 4 meses, os implantes transitórios serviram com sucesso como pilares para a prótese provisória. Conclusão: Esta abordagem clínica inovadora supera as limitações de um GC suportado por mucosa/osso, oferecendo suporte reproduzível e fixo para o GR e GC por meio de implantes de transição. A adaptação de um provisório pré-fabricado parafusado sobre os implantes transitórios permite uma cicatrização passiva e ajustes mínimos em consultório. Int J Oral Maxillofac Implants – edição em português 2016;1:317-324. Referência original: Int J Oral Maxillofac Implants 2015;30:403-410. Doi: 10.11607/jomi.3817.