Técnica do preparo biologicamente orientado (TPBO): Uma nova abordagem para restauração protética de dentes periodontalmente saudáveis


Os preparos dentários para restaurações protéticas fixas podem ser feitos de diferentes modos, basicamente de dois tipos: preparo com uma margem definida e os chamados preparos verticais ou em lâmina de faca. O último era originalmente usado para próteses em dentes com cirurgia de ressecção para doença periodontal. Neste artigo, o autor apresenta uma técnica protética para dentes periodontalmente saudáveis utilizando preparos com em lâmina de faca em uma abordagem sem  retalho nas regiões estéticas e posteriores com restaurações metalocerâmicas e de zircônia, alcançando resultados clínicos e estéticos de alta qualidade em termos de estabilidade na interface prótese/tecido, tanto a curto como a longo prazo (acompanhamento clínico de 15 anos). Além disso, a TPBO, se comparada a outras técnicas de preparo (chanfro, ombro, etc.), é mais simples e rápida quanto à moldagem do preparo, ao reembasamento das coroas provisórias e à criação do perfil das coroas até a prótese definitiva.