Laminados cerâmicos inferiores: reabilitação funcional e estética com sistema CAD/CAM


A evolução dos sistemas restauradores e adesivos tem contribuído com as possibilidades da reabilitação estética e funcional dos pacientes. A reabilitação oral requer um criterioso planejamento para conduzir o sucesso do tratamento, com devida atenção às características individuais de cada paciente, o que irá nos guiar no correto diagnóstico e na escolha do melhor plano de tratamento. O presente trabalho tem como objetivo apresentar uma sequência clínica para a reabilitação oral com laminados cerâmicos através do sistema CAD/CAM. O paciente apresentava perda de DVO e estética comprometida em consequência do bruxismo e da erosão dentária. Visando maior previsibilidade e otimização do trabalho foi realizado enceramento diagnóstico, fotografias intra e extraorais, além da utilização de um mock-up adesivo, por um período de 30 dias, para avaliar a adaptação do sistema estomatognático frente ao aumento da DVO (1,5mm). No caso apresentado, o restabelecimento estético e funcional do paciente ocorreu a partir da confecção de facetas cerâmicas e table tops nos dentes inferiores com a utilização de preparos minimamente invasivos. Dessa forma, com o respaldo da literatura atual, a harmonização e o equilíbrio da oclusão, através dos laminados cerâmicos ultrafinos e preparos minimamente invasivos, mostraram satisfazer os requisitos biomecânicos com a preservação dos tecidos dentários e o restabelecimento da função e da estética.