Efeitos sinérgicos do ascorbato de sódio e acetona para restaurar a resistência de união comprometida após o clareamento do esmalte


Objetivo: Avaliar o efeito de uma nova solução experimental contendo ascorbato de sódio (AS) e acetona na reversão da adesão comprometida ao esmalte imediatamente após o clareamento.

Materiais e métodos: A superfície vestibular de pré-molares humanos extraídos intactos (n = 60) foi clareada. Os dentes foram distribuídos aleatoriamente em 6 grupos de acordo com o tipo de pré-tratamento aplicado antes dos procedimentos adesivos: AS a 10% em solução de acetona-água aplicada por 1 e 5min (grupos 1 e 2, respectivamente); solução aquosa de AS a 10% aplicada por 10min (grupo 3); 100% de acetona aplicada por 10min (grupo 4); sem pré-tratamento (controle negativo; grupo 5). Um grupo adicional (controle positivo; grupo 6) foi composto por dentes não clareados (n = 12). Dois microcilindros de resina composta foram colados em cada amostra para avaliação da resistência de união ao micro-cisalhamento (RUC) e modos de falha. Os dados foram analisados usando ANOVA de um critério e os testes post-hoc de Tukey e qui-quadrado com P = 0,05.

Resultados: Os grupos 1 e 2 produziram valores semelhantes de RUC para os grupos 4 e 6 (controle positivo). A RUC média dos grupos 3 e 5 (controle negativo) foi semelhante e significativamente menor que a do grupo controle positivo.

Conclusão: A aplicação de AS a 10% em uma solução de acetona-água antes dos procedimentos de adesão pode restaurar a resistência de união do esmalte comprometida ao seu estado não clareado dentro de um tempo clinicamente aceitável de 1min.