Detalhes de sorrisos agradáveis


Objetivo: Determinar os sorrisos mais e menos atrativos de uma amostra brasileira e correlacionar as características anatômicas identificadas nesses sorrisos.

Materiais e métodos: Ortodontistas, dentistas e leigos avaliaram as fotografias de 86 estudantes (66 mulheres e 20 homens), com idade entre 19 e 30 anos, utilizando uma escala visual analógica (EVA). Um avaliador cego para os resultados mediu a composição estética das oito fotografias (cada) para os maiores escores e menores escores, para as mulheres e de duas fotografias (cada) para os maiores e menores escores, para os homens. A média e os desvios padrão foram calculados para a análise descritiva.

Resultados: Foi identificado e descrito um total de 42 detalhes anatômicos do sorriso, obtendo-se as médias das características.

Conclusões: As seguintes características foram observadas a partir dos sorrisos mais atraentes selecionados: arco de sorriso paralelo, incisivos ovais com bordas quadradas arredondadas, aumento da ameia incisal e redução do espaço do conector na progressão distal, visualização dos incisivos superiores e exibição mínima de dentes inferiores, margem gengival dos incisivos centrais, 0,5mm coronal aos caninos e 0,8mm apical aos incisivos laterais, exposição gengival posterior de 1,5mm, menos de 20% de corredor bucal, exibição de 12 dentes e caninos com -2° de inclinação. Os sorrisos mais atraentes também apresentaram ausência de assimetrias, diastemas, espaços negros, inclinação do plano incisal e exposição gengival anterior.