Extrusão cirúrgica: método estético simplificado de tratamento de dentes não restauráveis. Fundamentação e relato de caso


A restauração de dentes que foram comprometidos pela perda da coroa e estrutura radicular devido à cárie, fraturas, reabsorção radicular ou lesões iatro- gênicas pode resultar na invasão de espaço biológi- co, com consequente inflamação gengival, perda de adesão e perda óssea alveolar. É essencial, nes- tes casos, obter uma porção adequada da estrutura do dente para permitir uma restauração que respei- te o espaço biológico. Isso pode ser conseguido usando um procedimento que permite a extrusão da raiz em um único passo, deslocando o local comprometido de subgengival para supragengival.

Permitindo um espaço adequado para restabelecer a distância biológica, além de simplificar e acelerar os procedimentos restauradores. A combinação deste procedimento rápido e confiável com o pre- paro moderno dos dentes, as atuais técnicas adesi- vas e a última geração de materiais restauradores se alinham perfeitamente à filosofia de procedimentos minimamente invasivos, com vantagens inegáveis para os pacientes.