Laminados cerâmicos minimamente invasivos, do planejamento à execução


O sucesso no tratamento odontológico é alcançado por meio da percepção, do planejamento e da previsibilidade. O correto planejamento restaurador é muito importante para o sucesso do tratamento. O presente caso clínico relata o fechamento de diastemas na região dos dentes anteriores superiores, pós-cirurgia periodontal, da paciente T.G., do sexo feminino,19 anos de idade, realizado a partir de um planejamento reverso que constitui em análise de fotografias extra e intraorais e ensaio restaurador mock-up para posterior execução das reabilitações estéticas com laminados cerâmicos. Após o protocolo fotográfico intra e extraoral executou-se a cirurgia de frenectomia; após a cicatrização foi obtido, através da moldagem, um modelo de estudo no qual realizou-se o enceramento diagnóstico a partir de um planejamento numérico de comprimento e largura dos dentes anteriores. Após realização do mock-up, dos testes fonéticos e ajustes oclusais, passou-se à execução do clareamento dental. Os passos seguintes ao clareamento foram a remoção de áreas de retenção dos elementos a serem restaurados, afastamento gengival, moldagem para confecção do modelo de trabalho, confecção e ajustes dos laminados, uso de pasta try-in para confirmação da cor do cimento a ser utilizado, cimentação adesiva, ajustes e polimento das interfaces. Diante do exposto, é possível observar que o sucesso de um tratamento odontológico não se baseia apenas em técnicas cirúrgicas ou habilidades individuais. O prognóstico positivo é obtido por meio de um planejamento criterioso, bem executado e que reproduza a naturalidade.