Sutura suspensória dupla: uma técnica modificada para o fechamento primário de ferida


A obtenção do fechamento primário da ferida cirúrgica é um dos principais fatores determinantes do sucesso na cirurgia oral. Especialmente quando se tratam de procedimentos regenerativos, a cicatrização em um ambiente submerso é crucial para alcançar o resultado desejado do tratamento. Neste contexto, o uso de uma abordagem microcirúrgica e técnicas de sutura em camadas é de extrema importância para o fechamento preciso e meticuloso da ferida. No entanto, o fechamento da ferida microcirúrgica utilizando suturas de colchoeiro e suturas interrompidas é muito demorado e pode ser prejudicial para a cicatrização de feridas devido ao trauma e o tempo cirúrgico prolongado. A sutura suspensória dupla, uma técnica de sutura modificada que combina duas suturas interrompidas que têm tamanhos diferentes e envolvem diferentes camadas de tecido, é capaz de fechar previsível e eficientemente o local cirúrgico para melhorar a cicatrização. Este artigo descreve esta nova técnica e apresenta dois exemplos de caso.