Bio-emulação: emulando biomimeticamente a natureza utilizando uma abordagem histoanatômica; síntese visual


Um melhor entendimento da distribuição espacial pertinente às estruturas coronais histoanatômicas e da interação dinâmica da luz da dentição natural, fornece à equipe odontológica uma vantagem estratégica em relação à integração óptica da restauração final. A segunda parte deste artigo de duas partes tenta demonstrar a compreensão da interatividade luminosa e da organização espacial dos elementos coronários de dentes naturais por meio da utilização deste conhecimento na abordagem restauradora clínica e técnica.

Os objetivos principais deste artigo é conhecer a visualização histoanatômica pela seguinte introdução: (1) interação dinâmica da luz, (2) os 9 elementos da síntese visual, (3) espessura dinâmica óptica infinita, (4) efeito de percepção visual amplificada dos tecidos dentários duros. Ademais, uma diversidade de técnicas de iluminação fotográfica será ilustrada de forma a justapor associações ópticas entre esmalte/complexo dentina esmalte/dentina.

(Int J Esthet Dent – edição em português 2016;1:350-372).
(Referência original: Int J Esthet Dent 2014;9:330-352).